Av Lobo Júnior, 1023 - Penha circular - Rio de Janeiro - RJ

21 3556-3702  maisvet@clinicamaisvet.com.br

Exames Laboratoriais e de Imagem

Exames Laboratoriais

O exame laboratorial é uma ferramenta extremamente útil para prevenção, diagnóstico definitivo de algumas doenças e para o acompanhamento do processo ou dos resultados do tratamento. Nem sempre o exame laboratorial “fecha” o diagnóstico, funcionando como triagem e, desta forma, deve ser interpretado em conjunto com os sintomas clínicos e histórico do animal.

Os exames de rotina, para acompanhamento da saúde do animal devem ser realizados a cada 06 (seis) meses e são eles: hemograma, urinálise, parasitológicos, funções renais e hepáticas, colesterol, triglicérides e glicemia. Com estes testes é possível detectar algumas das alterações mais comuns de forma precoce, aumentando as chances de sucesso terapêutico e garantindo melhor qualidade de vida de nossos pacientes.

    O hemograma é um exame de triagem que permite avaliar vários componentes do sangue e assim diagnosticar anemias, infecções, inflamações, viroses, além de doenças causadas por parasitas sanguíneos como a Babesiose e a Ehrlichiose, conhecidas como “doenças do carrapato”.

Os exames de urina permitem avaliar alguns distúrbios do sistema urinário, como doenças renais ou cistites, além de auxiliar no diagnóstico de outras doenças extra-renais, como por exemplo, doenças hepáticas e Diabetes.

Já as funções renais e hepáticas revelam o funcionamento ou a presença de lesão dos rins e fígado, que infelizmente mostram-se comprometidos em muitos processos que acometem cães e gatos, até mesmo como complicações de outras doenças que parecem nada ter a ver com estes órgãos, como a própria “doença do carrapatto” ou o Diabetes.

 

 

Ultrassonografia

 Embora o ultrassom em cães e gatos já não seja nenhuma novidade no meio veterinário, os avanços relacionados à essa importante ferramenta diagnóstica continuam aparecendo e, nos dias de hoje, as clínicas e hospitais veterinários que contam com a função doppler nos exames de imagem ganham vantagem; já que seu uso também possibilita a avaliação cardiovascular, da vascularização dos órgãos e dos grandes vaso. 

Podendo ser usado para avaliação dos órgãos dos sistemas urinário, digestório, reprodutor e cardiovascular a ultrassonografia veterinária também permite uma visualização mais superficial dos membros dos animais; facilitando a investigação de problemas ou complicações nas articulações, ligamentos, tendões e das estruturas oculares, entre outros.

Por se tratar de um exame não invasivo, a preparação e o procedimento da ultrassonografia veterinária tende a ser bastante tranqüila, não representando transtornos para o animal. No entanto, nos casos em que o pet a ser examinado está sentindo muita dor, o uso de sedativos leves pode ser indicado. Nas ocasiões em que o animal se encontra agitado demais, o uso da focinheira é recomendado e, com isso, já é possível que a equipe auxiliar presente na hora do exame consiga controlar o animal ansioso sem o uso de qualquer tipo de medicação.